Nasce em Dubai o primeiro camelo clonado do mundo

Injaz nasceu das células do ovário de uma fêmea, após uma gestação de 378 dias, pesando 30 quilos

EFE,

14 Abril 2009 | 10h59

Nasceu na quarta-feira passada em Dubai, capital dos Emirados Árabes, o primeiro camelo clonado do mundo, uma fêmea chamada Injaz, conforme informa o jornal local Gulf News.

 

Injaz nasceu no Centro de Reprodução de Camelos (CRC), a partir de células extraídas do ovário de uma fêmea adulta, que cresceram em cultura antes de serem congeladas em nitrogênio líquido.

 

Injaz, clone de uma fêmea de camelo, nascida em Dubai. Imagem: Reprodução 

 

A diretora científica do CRC, Lulu Skidmore, disse ao Gulf News que todos os pesquisadores estão "muito emocionados com o nascimento de Injaz, porque é o resultado do bom trabalho em equipe e da habilidade do Centro de Reprodução de Camelos".

 

 

"Este grande avanço oferece um meio para preservar no futuro a valiosa genética de nossos camelos de corridas e produtores de leite", acrescentou.

 

Injaz nasceu após um período de gestação de 378 dias, pesando 30 quilos. O DNA de suas células e o das células do ovário da fêmea adulta são idênticos, o que prova que a criação é um autêntico clone do camelo original.

 

A comprovação genética foi feita no Laboratório de Biologia Molecular e Genética de Dubai, onde os especialistas analisaram o DNA dos dois camelos.

 

A clonagem é o processo para criar indivíduos geneticamente idênticos. O primeiro mamífero clonado no mundo a partir de células adultas foi a ovelha Dolly, em 5 de julho de 1996, em Edimburgo, na Escócia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.