Morsas sofrem com a falta de gelo marinho

O Estado de S. Paulo

14 de setembro de 2010 | 13h55

 

Dezenas de milhares de morsas têm vindo à terra no noroeste do Alasca porque o gelo marinho onde normalmente descansam derreteu. Cientistas dizem que esse movimento maciço dos animais é incomum nos Estados Unidos. Porém, havia acontecido pelo menos duas vezes: em 2007 e 2009. Nesses anos, o gelo marinho do Ártico também estava perto de níveis recordes de baixa. O governo estuda se as morsas serão incluídas na lista de espécies em extinção.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.