Ministro irlandês diz que COP pode se estender até a madrugada

Premiê afirma que o principal obstáculo é o processo de mitigação, que propõe metas de redução das emissões

ANSA,

18 Dezembro 2009 | 16h10

A Conferência da ONU sobre Mudança Climática (COP-15) poderá "adentrar a noite", já que os europeus querem encerrar o encontro com um acordo de cumprimento obrigatório, explicou o ministro para o Meio Ambiente irlandês, John Gormley.

 

Veja também:

linkObama e Jiabao se reúnem na COP-15 em busca de acordo

linkTexto da COP-15 não prevê prazo nem metas para acordo 

linkLula e Obama divergem posições na COP-15

blog Blog da COP: o dia a dia na cúpula

especial COP-15, acompanhe os principais fatos

especial Glossário sobre o aquecimento global

especial Entenda as negociações do novo acordo   

 

"É difícil dizer quando terminaremos, podemos transferir tudo para a próxima conferência, da Cidade do México, mas se continuamos, chegamos a um acordo aqui", considerou Gormley. "Devemos continuar as negociações. Ficaremos aqui porque todos compartilhamos da vontade de chegar a um acordo vinculante e é o que todos queremos ver ao deixar Copenhague", continuou.

 

Ainda de acordo com o irlandês, "o principal obstáculo" é o processo de "mitigação", que propõe metas de redução das emissões de gases de efeito estufa, como o CO2.

 

A reunião, iniciada no último dia 7 e que terminaria às 18h locais desta sexta-feira (15h no horário de Brasília), ainda está em andamento, sem um acordo.

Mais conteúdo sobre:
Irlanda Copenhague COP cupula ONU clima

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.