Minc anuncia zoneamento agroecológico da Amazônia

Para o ministro, marcação fará com que técnicos saibam como atuar na região, conforme o local

Angela Lacerda, de O Estado de S. Paulo,

30 de maio de 2008 | 13h51

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, no seu discurso aos governadores da Amazônia, relatou nesta sexta-feira, 30, o que ele considerou boas notícias para a região. Afirmou que até 2009, será efetivado o zoneamento agroecológico da Amazônia.   Veja também: Minc diz que não recua em corte de crédito na Amazônia Desmatamento da Mata Atlântica caiu 69% até 2005 Inpe suspende divulgação de dados sobre desmatamento Especial: Amazônia - Grandes reportagens    "Sem regra, há confusão", observou ele ao informar que, com o zoneamento, se poderá saber como se atuar na região, conforme o local. Minc e o presidente Lula participam em Belém de reunião com governadores da Amazônia.   Indagado se as boas notícias não eram para acalmar os governadores da região, que sempre denunciaram demora na aprovação de projetos econômicos, ele afirmou que o Programa da Amazônia Sustentável (PAS) é uma estratégia que tem a participação dos governadores da região, o que garante milhões de reais para saneamento, transporte, geração de energia e educação ambiental, e que o Ministério de Meio Ambiente, vai conseguir recursos dentro deste programa para o zoneamento ecológico.

Tudo o que sabemos sobre:
MincAmazônia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.