Mancha de petróleo deve chegar em breve à Louisiana

A Guarda Costeira recebeu a missão de evitar que a mancha atrapalhe o tráfego fluvial pelo Mississippi

Associated Press

29 Abril 2010 | 17h46

Uma autoridade do governo americano informou que a borda da mancha de óleo derramado no Golfo do México deve atingir o delta do rio Mississippi ainda nesta noite. Previsão anterior sugeria que a chegada só ocorreria na sexta-feira. O Estado de Louisiana declarou emergência.

 

Obama manda Marinha e Guarda Costeira conter vazamento

 

O porta-voz da Administração Nacional de Oceano e Atmosfera (NOAA), Charles Henry, disse que parte da mancha estava, pela manhã, a 4,8 km da costa do Estado. A Guarda Costeira recebeu a missão de evitar que a mancha de óleo atrapalhe o tráfego fluvial pelo Mississippi.

 

O governador Bobby Jindal anunciou que a empresa responsável pela catástrofe, BP PLC, concordou em permitir que os pescadores locais ajudem na limpeza. Sob o acordo, pescadores serão contratados pela companhia para o serviço.

 

A BP operava uma plataforma que explodiu e afundou a 80 km da costa na semana passada, e está tentando conter o vazamento de um poço submarino.

 

O governo dos Estados Unidos já advertiu que o prejuízo causado pelo vazamento será pago pela BP e não pelo contribuinte americano.

 

 

 

Mais conteúdo sobre:
petróleo vazamento bp golfo do méxico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.