Mais de 2 mil javalis são abatidos em Berlim em um ano

'Os animais estão super adaptados ao entorno humano', disse o porta-voz da central da guarda florestal

Efe

04 Julho 2008 | 15h55

Mais de dois mil javalis foram abatidos em Berlim durante o ano passado, 500 dos quais nas ruas da capital alemã, informou nesta sexta-feira, 4, um porta-voz do senado da cidade, ao responder a uma pergunta da oposição.   Ele disse que a maioria deles foi caçada nos bosques da cidade, mas sublinhou que os javalis perderam o medo dos humanos e andam à vontade pelas ruas dos bairros mais verdes da capital.   Na temporada anterior, o número de javalis abatidos foi quase a metade, ao superar 1.100 exemplares. As autoridades fazem advertências a respeito da agressividade do animal, sobretudo quando se tratam de fêmeas com seus filhotes.   "Os animais estão super adaptados ao entorno humano", disse Marc Franusch, porta-voz da central da guarda florestal de Berlim, que comentou que a cidade está igualmente infestada de raposas e guaxinins.   Estes últimos, por serem animais vindos dos Estados Unidos, se proliferam cada vez mais na Alemanha, onde há várias décadas foram liberados acidentalmente.   A guarda florestal disse ainda que o inverno passado, pouco rigoroso, e a riqueza vegetal da cidade facilitam o aumento da população de javalis, que reviram o lixo para encontrar comida.

Mais conteúdo sobre:
javalis berlim

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.