Mais 5 países devem investir na Amazônia, diz Minc

Além da Noruega, Japão, Suécia, Alemanha, Coréia e Suíça já demonstraram interesse segundo ministro

Leonardo Goy, de O Estado de S. Paulo,

16 Setembro 2008 | 19h56

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, disse nesta terça-feira, 16, que pelo menos mais cinco países, além da Noruega, demonstraram interesse em investir no Fundo da Amazônia, criado pelo governo para fomentar políticas que reduzam o desmatamento. "Os países que já demonstraram interesse foram o Japão, Suécia, Alemanha, Coréia e a Suíça", disse o ministro, após participar de almoço no Itamaraty com o primeiro-ministro norueguês, Jens Stoltenberg.   Veja também:  Noruega doará US$ 1 bilhão para o Fundo da Amazônia até 2015  Veja a série histórica do desmatamento    A aplicação de US$ 1 bilhão no Fundo da Amazônia até 2015 foi anunciada pelo norueguês. Em um primeiro momento, serão depositados US$ 130 milhões. O restante será aplicado conforme forem comprovados os resultados do combate ao desmatamento. "A importância de garantir até 2015 US$ 1 bilhão é a garantia de que a gente vai poder apoiar iniciativas sustentáveis: manejo florestal, extrativismo, tecnologia limpa, que é a única forma de combater o desmatamento. Só a polícia e o Ibama não resolvem", disse Minc, referindo-se à atuação da Polícia Federal e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis no combate à derrubada da floresta.

Mais conteúdo sobre:
Minc Amazônia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.