Julien de Rosa/Reuters
Julien de Rosa/Reuters

Espero que os brasileiros tenham um presidente que se comporte à altura, diz Macron

Presidente da França respondeu a comentário desrespeitoso de Bolsonaro sobre sua mulher, Brigitte Macron

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de agosto de 2019 | 09h40

BIARRITZ - O presidente da França, Emmanuel Macron, lamentou nesta segunda-feira, 26, os comentários "extremamente desrespeitosos" do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), sobre sua mulher, Brigitte Macron, e disse que espera que os brasileiros tenham rapidamente um presidente que "se comporte à altura" do cargo.

"Bolsonaro fez comentários extremamente desrespeitosos sobre minha mulher", afirmou Macron, durante uma coletiva de imprensa do G-7, o grupo dos países mais ricos do mundo, em Biarritz, na França. "O que eu posso dizer? É triste, mas é triste primeiro por ele e pelos brasileiros. Como tenho uma grande amizade e respeito pelo povo brasileiro, espero que tenham rapidamente um presidente que se comporte à altura."

766E3C01-53A8-483E-9B06-CCE0C7108013
Como tenho uma grande amizade e respeito pelo povo brasileiro, espero que tenham rapidamente um presidente que se comporte à altura.
E0EAB005-9061-4B3D-86B9-AEB61693E313
Emmanuel Macron, presidente da França

Bolsonaro e Macron vêm trocando farpas desde que a crise de incêndios florestais do Brasil tomou as manchetes do mundo, na última semana.

Nesta segunda, o presidente francês respondeu a um comentário de Bolsonaro no Facebook. O perfil do presidente brasileiro postou uma mensagem de risadas após uma publicação ofensiva sobre a primeira-dama da França, Brigitte Macron, feito por um de seus seguidores.

Em um post em que falava da Amazônia, um dos seguidores da página do presidente postou uma montagem com duas fotos. Na de cima, Brigitte aparece atrás de Macron e, na de baixo, o presidente aparece com a primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, à frente. Ao lado das fotos, há um texto dizendo "Entende agora pq Macron persegue Bolsonaro?".

A página do presidente da República respondeu ao seguidor com "não humilha cara. Kkkk". /COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.