Macacos casam com pompa e circunstância na Índia

O casal está agora em lua-de-mel, após casamento arranjado pelas duas famílias donas dos macacos

Efe

03 de março de 2008 | 15h55

Um casal de macacos está em plena lua-de-mel em um templo do leste da Índia após a realização de um casamento com pompa e circunstância segundo o rito hindu que contou com a presença de 2 mil convidados.   Manu e Jhumuri, ambos de três anos de idade, deixaram de lado a vida de solteiro em um templo do distrito de Bhadrak, na região tribal de Orissa, onde aconteceu o casamento no dia 20 de fevereiro, informou hoje a agência indiana Ians.   "A noiva veio em procissão, como acontece em qualquer outro casamento, no templo do povoado de Kuliadia", disse uma fonte da celebração.   "Depois, ela recebeu seu namorado coberta de flores, com creme de sândalo na testa e envolvida em um sári (traje nacional das mulheres indianas) escarlate", acrescentou.   A cerimônia contou com a presença de cerca de 2 mil moradores, que abençoaram o casal e lhes deu vários presentes, entre eles um colar de ouro.   Como tantas uniões na Índia, o casamento foi arranjado pelas duas famílias donas dos macacos, que gastaram cerca de 3.500 euros na cerimônia.   "Compramos todos os artigos necessários para um casamento hindu. Compramos roupas para os dois macacos, braceletes e pigmentos vermelhos para a noiva", disse a dona de Jhumuri.   Segundo a agência russa RIA-Novosti, o casamento cumpre uma promessa feita pela dona da noiva, que havia encontrado Jhumuri no mesmo templo em que o enlace teve lugar. Já os proprietários do noivo viram na cerimônia uma forma especial de devolver a liberdade ao animal.

Tudo o que sabemos sobre:
casamentomacacosÍndiahindu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.