Lula critica EUA sobre meta de emissão de gases

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou a postura do governo dos Estados Unidos nos debates que antecedem a Conferência de Mudanças Climáticas da Organização das Nações Unidas (ONU) em Copenhague, no próximo mês. Em discurso na Refinaria de Petróleo Clara Camarão, no Rio Grande do Norte, ele disse que a meta de redução de emissão de gases apresentada pelo presidente Barack Obama é menor que a meta do governo brasileiro de redução de gases só na Amazônia.

LEONENCIO NOSSA, Agencia Estado

19 Novembro 2009 | 20h37

"O presidente dos Estados Unidos, que é o país que mais polui no mundo, está fazendo um compromisso de reduzir menos que nós", afirmou. Ao criticar a "poluição" nos Estados Unidos, Lula chegou a comparar os veículos fabricados pelos norte-americanos a "banheiras". Ele disse que o governo Barack Obama deveria comprar biocombustível brasileiro para reduzir a emissão de gases de efeito estufa.

Mais conteúdo sobre:
ambienteemissõesmetaEUALula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.