Latinos ingressam em clube de países com mais florestas

Associação, que tem o Brasil como membro, procura a gestão sustentável dos recursos florestais

Efe,

24 Fevereiro 2010 | 12h54

Guatemala, Guiana e Suriname ingressaram nesta terça-feira, 23, no clube de nações com grandes áreas florestais, o denominado F-11, ao qual pertencem também países como o Brasil, Peru, Colômbia e Costa Rica.

 

A decisão de incluí-los no grupo foi aprovada na reunião ministerial de Países com Florestas Tropicais durante o congresso das Nações Unidas sobre Meio Ambiente realizado nesta semana em Nusa Dua, na ilha de Bali (Indonésia).

 

"A inclusão desses países representa um avanço no fortalecimento do F-11", declarou à Agência Efe a vice-ministra do Meio Ambiente do Peru, Ana María González del Valle. Ela descartou a possibilidade de criar uma seção americana dentro deste grupo. "Nosso objetivo é atuar como F-11. Ser um ponto de encontro para compartilhar problemas comuns e ser uma plataforma para levar ideias e soluções comuns às COP (reuniões da ONU sobre mudança climática)", acrescentou González.

 

A associação, criada em setembro de 2007, procura a "gestão sustentável dos recursos florestais", nas palavras do ministro de Assuntos Exteriores indonésio, Marty Natalegawa, mas ainda está nos primeiros estágios de cooperação.

 

Um dos principais pontos da agenda desta reunião foi a implementação dos créditos REDD, um instrumento idealizado na Conferência de Bali de 2007 para que os países industrializados financiem a preservação de áreas verdes em nações em desenvolvimento.

 

"Nós oferecemos nossas florestas como escoadouros de carvão e, portanto, elas podem nos servir como forma de financiamento", explicou González del Valle.

 

O encontro serviu também para lançar um programa de trabalho e um plano estratégico comum para o biênio 2010-2011, que inclui projetos de controle de áreas de desmatamento e a gestão de planos de adaptação e redução dos danos causados nas florestas pela mudança climática, entre outros.

 

Estes são os integrantes do F-11: Brasil, Camarões, Colômbia, Congo, República Democrática do Congo, Costa Rica, Gabão, Indonésia, Malásia, Papua Nova Guiné, Peru e os novos membros Guatemala, Guiana e Suriname.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.