Japão anuncia US$15 bi de ajuda a pobres contra aquecimento

Comunicado afirma que iniciativa deve contribuir para o sucesso" da conferência da ONU em Copenhague

Reuters,

16 Dezembro 2009 | 21h09

O Japão elevará para cerca de 15 bilhões de dólares até 2012 sua ajuda para que os países em desenvolvimento trabalhem no combate ao aquecimento climático global, sinalizando que um acordo sobre o clima da ONU está mais próximo em Copenhague, afirmou o governo nesta quarta-feira, 16.

 

 

Veja também:

link Em meio a entraves e protestos, presidente da COP-15 renuncia

linkPolícia prende 230 pessoas durante manifestação na COP-15

linkBrasil aceita prestar contas para receber fundo 'verde'

blog Blog da COP: o dia a dia na cúpula

especialCOP-15, acompanhe o que de mais importante aconteceu

especialGlossário sobre o aquecimento global

especialO mundo mais quente: mudanças geográficas devido ao aquecimento

especialEntenda as negociações do novo acordo   

especialRumo à economia de baixo carbono  

 

"A iniciativa deve contribuir para o sucesso" da conferência da Organização das Nações Unidas na capital dinamarquesa, onde 110 líderes mundiais se reúnem na quinta e sexta-feiras, mostrou um comunicado.

 

As finanças públicas responderão por até 11 bilhões de dólares do total e os recursos privados pelos outros 4 bilhões de dólares, segundo o documento.

 

"Esta escalada de finanças públicas pretende permitir uma implementação mais rápida da assistência aos países em desenvolvimento", afirmou. A ajuda financeira está acima da anteriormente prevista, de 9 bilhões de dólares.

 

De acordo com o comunicado, o dinheiro estava condicionado a que um acordo significativo seja alcançado -- "uma estrutura justa e eficaz, com a participação de todos os principais países emissores e aprovação de seus respectivos objetivos ambiciosos".

 

A ONU está buscando um financiamento inicial e rápido de 10 bilhões de dólares por ano durante os três anos até 2012 para ajudar as nações em desenvolvimento a lidar com a mudança climática. A organização quer compromissos de montantes maiores para 2020.

 

Na semana passada, a União Europeia prometeu 7,3 bilhões de euros, ou 10,63 bilhões de dólares, para o financiamento climático até 2012. Nesta quarta-feira, um grupo de seis países, incluindo os Estados Unidos, disse que daria 3,5 bilhões de dólares para ajudar a conter o desmatamento.

Mais conteúdo sobre:
COP 15 Japão

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.