Indústrias, refinarias e termoelétricas terão de reduzir emissões

Decisão tomada pelo Conama se refere a plantas que entraram em operação antes de 2007

26 Novembro 2011 | 22h26

Indústrias, refinarias de petróleo, termoelétricas a gás e óleo e até fábricas de cimento que entraram em operação antes de 2007 terão que reduzir suas emissões de poluentes aos níveis adotados para as novas plantas. Os prazos para a adequação variam de 5 a 15 anos, conforme a atividade, mas em alguns casos as exigências terão aplicação imediata.

A decisão foi tomada pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) em sua reunião ordinária na quinta-feira (24), em Brasília.

 

Para o gerente de qualidade do ar do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Rudolf Noronha, a resolução incorpora ao universo já regulamentado pelo Conama uma parcela significativa das chamadas fontes fixas de emissão de poluentes na atmosfera. "É um ganho expressivo, já que estes setores operam praticamente sem limites de emissão", afirma.

Mais conteúdo sobre:
emissões conama indústrias redução 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.