Mauricio Beltran/FotoRepórter/AE
Mauricio Beltran/FotoRepórter/AE

Incêndio destrói a Serra do Japi, em Cabreúva-SP

O incêndio começou há cerca de 10 dias atingindo mais de oito milhões de metros quadrados da região

Solange Spigliatti, estadão.com.br

28 Setembro 2011 | 10h57

SÃO PAULO - As chamas que destruíram cerca de 350 alqueires de pastagens e mata nativa na Serra do Japi, na região de Cabreúva, no interior de São Paulo, foram controladas na noite desta terça-feira, 27, segundo informações do coordenador da Defesa Civil do município, Ronaldo José da Silveira.

 

O incêndio começou há cerca de 10 dias, na Serra dos Cristais, que pertence à Serra do Japi, atingindo mais de oito milhões de metros quadrados da região, matando diversos animais, segundo Ronaldo. A Defesa Civil acredita que os focos de incêndio sejam criminosos, devido ao interesse em aumentar as pastagens na região.

 

Durante as quase duas semanas, a Defesa Civil contou apenas com cinco homens para combater as chamas. Ontem, o grupo recebeu ajuda de bombeiros de Jundiaí e de Itupeva e o apoio de um helicóptero Águia, da Polícia Militar, que ajudaram a acabar com o fogo. Os técnicos da Defesa Civil permanecem no local mapeando a região e tentando localizar novos focos de incêndio.

Mais conteúdo sobre:
incêndioCabreúvaSerra do Japi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.