Imposto sobre CO2 encarece passagens na Austrália

A empresa aérea australiana Qantas e a Virgin, de origem britânica, anunciaram ontem (11) que o novo imposto sobre emissões de dióxido de carbono encarecerá o preço final das passagens aéreas vendidas na Austrália. Anteontem (10), o país anunciou a criação de um imposto de US$ 24,7 por tonelada de dióxido de carbono emitido. A medida entrará em vigor em 1.º de julho de 2012 e afetará em torno de 500 empresas, consideradas as mais poluidores do país. A tarifa aumentará 2,5% até 2015, quando deve ser adotado um sistema de comércio de créditos de carbono na Austrália. / ANDREA VIALLI, com EFE

12 Julho 2011 | 09h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.