Ibama multa em R$ 3 milhões siderúrgicas e carvoarias no MA

De acordo com o balanço do Ibama, as multas por desmatamento ilegal somaram R$ 1,7 milhões

Ana Luísa Westphalen, Agência Estado

16 Junho 2008 | 18h16

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) multou em mais de R$ 3 milhões siderúrgicas, carvoarias, associações e pequenos produtores rurais assentados no Estado do Maranhão por desrespeito à legislação ambiental. Em dois meses da Operação Olho Vivo II, os fiscais aplicaram 81 autos de infração, embargaram uma área de 3.253 hectares e destruíram 343 fornos. Veja Também:Ibama multa 60 siderúrgicas em R$ 414 milhões Ações diárias que salvam o planeta  Acompanhe a trajetória do desmatamento na Amazônia; abril teve mais desmate  Leia a edição online da Revista da Amazônia   Fórum: é possível salvar a floresta amazônica?   De acordo com o balanço do Ibama, as multas por desmatamento ilegal somaram R$ 1,7 milhões. Os outros R$ cerca de 1,3 milhão correspondem a irregularidades em atividades de produção de carvão, transporte e depósito de produtos florestais. A operação Olho Vivo II integra o Plano de Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia (PPCDAM).

Mais conteúdo sobre:
ibamameio ambiente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.