Sérgio Moraes/Ascom/AGU
Sérgio Moraes/Ascom/AGU

Ibama coloca assessor de diretoria da ANP para licenciar seus processos de petróleo

Alex Garcia de Almeida, que atuava na fiscalização de empreendimentos petrolíferos, passa a responder pelo licenciamento ambiental desses mesmos projetos

André Borges, O Estado de S.Paulo

06 de março de 2020 | 10h16

BRASÍLIA – O presidente do Ibama, Eduardo Fortunato Bim, decidiu escolher um servidor ligado à diretoria da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para ocupar o cargo de comando do licenciamento ambiental de petróleo no Ibama. Com isso, o servidor que até agora atuava na fiscalização de empreendimentos petrolíferos passa agora a responder pelo licenciamento ambiental desses mesmos projetos. 

Alex Garcia de Almeida, que assessorava a diretoria-geral da ANP, teve sua nomeação publicada pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, nesta quinta-feira, 05, no Diário Oficial da União.

Ele vai assumir o cargo de coordenador-geral de Licenciamento Ambiental de Empreendimentos Marinhos e Costeiros do Ibama, em substituição a Antonio Celso Junqueira Borges, servidor de carreira do Ibama que estava no cargo há mais de dois anos.

Funcionário de carreira da ANP, Almeida é ligado ao atual diretor-geral da agência, Décio Fabricio Oddone. Internamente, sua nomeação foi recebida com apreensão no Ibama, dado que terá o papel de licenciar empreendimentos de empresas que atendia na ANP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.