Guarda ambiental flagra descarte de entulho em área de proteção em SP

Caminhão caçamba iria despejar o lixo em uma chácara na zona norte de São Paulo

Fabiana Marchezi, do estadão.com.br

13 Maio 2010 | 15h03

SÃO PAULO - A Guarda Ambiental do Jaçanã, na zona norte de São Paulo, flagrou um caminhão caçamba prestes à despejar entulho em uma chácara na Avenida Coronel Sezefredo Fagundes. O motorista do veículo foi abordado e informou ter alugado o terreno para realizar transbordo - quando é descartado o entulho e triado para o destino correto. Porém o proprietário não tinha autorização da Prefeitura.

 

Veja também:

linkLixo elétrico e eletrônico será quantificado

linkVila Mariana concentra 24% da coleta seletiva de SP

 

Além disso, de acordo com a Guarda, no local há um curso de água limpa que está sendo obstruído por conta de entulhos que já haviam sido jogados no local. Os resíduos sólidos podem contaminar o solo.

 

O motorista do caminhão foi conduzido ao 1º Distrito Policial, especializado em crimes ambientais. O agente vistor da Limpurb e o especialista da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente também já foram acionados.

 

Ainda segundo a Guarda, a proteção ambiental é um dos programas prioritários do órgão, vinculado a Secretaria Municipal de Segurança Urbana. A ação compreende os objetivos da Operação Defesa das Águas, um conjunto de medidas para preservar e recuperar as áreas de mananciais, resultado de um convênio assinado entre o Estado e o Município.

 

O grupo de trabalho é constituído por técnicos das Secretarias de Segurança Urbana, Meio Ambiente, Habitação, Subprefeituras, Serviços e Governo para analisar e propor aprimoramentos no Plano Diretor viabilizando a urbanização de algumas ocupações passíveis de consolidação sem dano ambiental.

 

Em 36 meses da Operação, foram desfeitas 4.497 (580 em 2009) de construções irregulares, comércios e outros usos em áreas cuja proibição para construir está previsto em lei.

 

As ações foram realizadas com a participação da Policia Militar Ambiental e da Polícia Civil Ambiental - que instalou uma Delegacia Especializada em Crimes Ambientais na zona sul. Essa delegacia já instaurou mais de 215 inquéritos e autos de infração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.