Governo estuda aumentar biodiesel no óleo diesel mineral em 2012

Atualmente, o óleo diesel vendido no país recebe a adição de 5% de biodiesel; demanda é por adição de 7 a 10%

Agência Brasil,

16 de fevereiro de 2011 | 10h28

RIO - O diretor da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Allan Kardec, disse na quarta-feira, 16, que o percentual de biodiesel (de origem vegetal) no óleo diesel mineral pode ser elevado no ano que vem. Para este ano, não estão previstas alterações. "Há uma pressão muito grande do mercado, nós estamos discutindo o assunto com o Ministério de Minas e Energia, mas não há perspectivas de que esta composição venha a ser alterada ainda este ano", assegurou Kardec. Atualmente, o óleo diesel vendido no país recebe a adição de 5% de biodiesel.

 

Veja também:

link Diesel, combustível que mais polui, já responde por 53% das emissões de CO2

 

Em 2012, essa mistura poderá ser alterada, para agregar uma parcela maior de combustível renovável ao derivado de petróleo. "Nós estamos estudando junto com o governo, mas isso é uma decisão do CNPE [Conselho Nacional de Política Energética]. A demanda dos produtores, hoje, é para que a mistura passe a ser de 7%, até chegar a 10%".

 

Kardec salientou, porém, que outros segmentos do mercado, principalmente as distribuidoras de combustíveis, fazem restrições a esse aumento percentual. "O setor que envolve o pessoal da Fecombustíveis [Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes] e do Sindicom [Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes], entre outros, é contra esse aumento. Então, tem que ser algo discutido".

Tudo o que sabemos sobre:
dieselpoluição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.