Google contrata cabras para cuidar da grama da empresa

Empresa contratou os serviços de 200 cabras para cortar a grama da sede de Mountain View, Vale do Silício

Efe,

04 Maio 2009 | 19h12

O Google deteve seu forte ritmo de contratação de empregados devido à crise econômica, mas, nos últimos dias, a empresa voltou a ampliar o quadro de funcionários, desta vez com 200 cabras.

 

A empresa contratou os serviços de 200 cabras para cortar a grama da sede de Mountain View, Vale do Silício, uma solução que, afirma a companhia, é mais ecológica e natural que os tradicionais cortadores.

 

"Em vez de usar barulhentos cortadores que funcionam com gasolina e poluem, alugamos algumas cabras da empresa California Grazing", explicou Dan Hoffman, responsável Imobiliário e de Espaço de Trabalho do Google no blog da companhia.

 

"Custa o mesmo, mas as cabras são muito mais agradáveis à vista do que os cortadores", acrescentou.

 

A imprensa americana publicou que a organização Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (Peta, em inglês) questionou o fato de as empresas oferecerem este tipo de serviços.

 

A Peta expressa preocupação especial com as condições nas quais os animais são transportados ao "local de trabalho", se dispõem de lugares para ficar abrigados em caso de mau tempo e se têm acesso a cuidados veterinários.

 

O Google, no entanto, não é a única companhia a utilizar os serviços de cabras para cortar o gramado das instalações. O portal Yahoo! usa estes animais uma ou duas vezes ao ano, assim como a Prefeitura de San Francisco em algumas partes da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.