Gonzalo se torna furacão ao se aproximar de Ilhas Virgens Britânicas

A tempestade tropical Gonzalo alcançou a categoria de furacão nesta segunda-feira à medida que se desloca pelo Caribe até as Ilhas Virgens Britânicas, disse o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (CNH, na sigla em inglês).

REUTERS

13 Outubro 2014 | 21h14

O fenômeno, com ventos máximos sustentados de 120 quilômetros por hora, estava 32 quilômetros a sudeste de St. Maarten, uma ilha metade francesa e metade holandesa.

Uma advertência de furacão entrou em vigor nas Ilhas Virgens Britânicas e havia alertas vigentes em Porto Rico, St. Maarten, Anguila e las Ilhas Virgens dos Estados Unidos.

Está previsto que Gonzalo continue ganhando força para se tornar um grande furacão na quarta-feira, com ventos sustentados de 185 quilômetros por hora.

A maioria das projeções indicou que Gonzalo não é uma ameaça para o continente norte-americano e avançará para o norte pelo Atlântico uma vez que passe por Porto Rico e as Ilhas Virgens.

Gonzalo é o sexto furacão da temporada no Atlântico.

(Reportagem de Vijaykumar Vedala)

Mais conteúdo sobre:
CLIMA FURACAO GONZALO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.