Golfinho salva duas baleias encalhadas na Nova Zelândia

Os animais, uma mãe e seu filhote, estavam presos em um banco de areia, na praia de uma ilha ao norte do país

Efe,

12 de março de 2008 | 15h27

Um golfinho salvou a duas baleias cachalotes que haviam ficado encalhadas em uma praia da ilha norte de Nova Zelândia, disse nesta quarta-feira, 12, um membro do departamento de Conservação do governo.   O especialista Malcolm Smith explicou que o caso aconteceu na segunda-feira, 10, quando ele já havia passado mais de uma hora tentando incentivar os animais, uma mãe e seu filhote, a voltarem ao mar aberto, informou a agência NZPA.   As baleias tentaram retornar várias vezes, mas acabaram ficando presas em um banco de areia em frente à praia, sem poder voltar ao oceano. Com isso, Smith pensou na possibilidade de sacrificar os animais, para evitar o sofrimento deles. "As baleias estavam confusas e cansadas, estavam arqueando as costas e chamando uma a outra continuamente", afirmou o especialista.   Então um golfinho, que sempre visita a praia e é conhecido pelos moradores como Moko, chegou à praia e, neste momento, as baleias submergiram na água, viraram e seguiram o animal por duzentos metros, superando o grande banco de areia que as mantinham encalhadas.   Segundo Smith, o golfinho retornou à praia de Mahia, a leste da ilha, para brincar com os moradores da região, que disseram não ter visto as baleias novamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.