Anja Niedringhaus/AP - 14/12/2009
Anja Niedringhaus/AP - 14/12/2009

Gelo polar pode derreter em cinco anos, alerta Al Gore

Ex-vice-presidente americano apresentou dois relatórios que preveem o derretimento durante os verões

AE-AP, Agencia Estado

14 Dezembro 2009 | 14h04

O ex-vice-presidente dos Estados Unidos e vencedor do Prêmio Nobel da Paz por seus esforços contra as mudanças climáticas, Al Gore, participou nesta segunda-feira, 14, da conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) em Copenhague. Segundo Gore, novos dados indicam que a camada de gelo polar pode desaparecer durante o verão no prazo de cinco anos.

 

Veja também:

linkSerra e Minc defendem em Copenhague utilização do etanol

linkBrasil passa Suécia no topo do Índice de Proteção Climática

blog Blog da COP: o dia a dia na cúpula

especialGlossário sobre o aquecimento global

especialO mundo mais quente: mudanças geográficas devido ao aquecimento

especialEntenda as negociações do novo acordo   

Durante um evento secundário lotado nesta segunda-feira, Gore apresentou dois novos relatórios sobre o assunto, juntamente com os ministros de Relações Exteriores da Noruega e da Dinamarca. Gore afirmou que cientistas que estudam o polo norte disseram a ele ontem que os últimos dados "sugerem 75% de chance de que toda a camada de gelo polar terá derretido no verão nos próximos cinco a sete anos".

O gelo no Ártico teve níveis recordes de baixa nos últimos verões. Cientistas culpam o aquecimento global, que elevou as temperaturas duas vezes mais rapidamente no norte do que em outras regiões do globo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.