Gatos matam bilhões de animais e ameaçam vida selvagem dos EUA

Estudo mostra que eles até gatos domésticos representam perigo para aves, esquilos e camundongos

Rebecca Morelle, BBC

29 Janeiro 2013 | 17h51

Os gatos estão entre as principais ameaças à vida selvagem nos Estados Unidos, matando bilhões de animais todos os anos - um número muito maior do que estimativas anteriores.

As conclusões são de um estudo realizado por pesquisadores do Instituto Smithsonian de Biologia e Conservação e do Departamento de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos.

Os autores estimam que os gatos são responsáveis pela morte de entre 1,4 bilhão e 3,7 bilhões de pássaros e entre 6,9 bilhões a 20,7 bilhões de mamíferos todos os anos.

Publicado no site Nature Communications, o estudo diz que gatos de rua estão entre as piores ameaças, mas gatos domésticos também representam perigo.

Instinto matador

Segundo os cientistas, mais animais estão morrendo nas patas de gatos nos Estados Unidos do que em acidentes em estradas, colisões com prédios (no caso de animais que voam) ou envenenamento.

O instinto caçador de gatos domésticos tem sido bem documentado em muitas ilhas mundo afora, em que felinos foram responsabilizados pela extinção de 33 espécies.

Já o impacto dos gatos em áreas continentais tem sido pouco estudado.

Por isso, os cientistas fizeram uma revisão dos estudos realizados até então sobre a ação predatória dos gatos.

A análise revelou que o número de mortes provocadas por esses animais era muito mais alto do que o que se sugeria anteriormente. Eles descobriram que o número de pássaros mortos por gatos era quatro vezes do que se acreditava até então.

Pássaros nativos dos Estados Unidos estão entre os mais ameaçados, seguidos por animais como camundongos, ratos-do-campo, esquilos e coelhos.

Esquilos e coelhos

"Nosso estudo sugere que eles (os gatos) estão no topo das ameaças à vida selvagem americana", diz Pete Marra, do Instituto Smithsonian.

De acordo com os cientistas, gatos sem dono - que incluem gatos de rua e os que vivem soltos na natureza ou em fazendas - matam três vezes mais do que os domésticos. Mas eles afirmaram que, ainda assim, seus donos poderiam fazer mais para coibir a ação de seus animais de estimação.

"Esperamos que essa grande mortalidade de animais selvagens incentive as pessoas a manterem seus gatos dentro de casa e sirva de alerta para as autoridades", disse Marra.

A ONG britânica RSPCA, que atua na defesa dos animais, disse que o uso de uma coleira com um sino já reduz em até um terço as chances de um gato conseguir caçar outro animal. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
also animais vida selvagem ameaça

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.