Furacão Ike avança para oeste de Cuba e o Golfo do México

O furacão Ike se desloca nasegunda-feira sobre as águas quentes do Caribe, depois dedeixar um rastro de destruição sobre o leste de Cuba. Seuspróximos alvos são o oeste da ilha e os campos de petróleo doGolfo do México. A TV cubana mostrou casas destruídas, cidades inundadas comaté 25 centímetros de água e postes e árvores caídos. Váriosrios transbordaram, e há ressaca em toda a costa. Ike perdeu força na segunda-feira e, com ventos de 130quilômetros por hora, foi "rebaixado" à categoria 1 (da escalaque vai até 5). Mas a meteorologia cubana prevê que ele possaganhar força sobre as águas do Caribe, que estão a 32 grausCelsius -- tudo vai depender de ele permanecer perto da costaou fazer uma rota mais a oeste, entrando em alto mar. "Ele terá um combustível muito poderoso aqui", alertou ometeorologista-chefe José Rubiera, referindo-se à água quentedo mar. Por enquanto, Ike se desloca para noroeste, ao longo dacosta sul de Cuba, repetindo a rota do furacão Gustav, quedevastou a Ilha da Juventude e a província de Pinar del Rio(oeste), dois dias antes de atingir a Louisiana (EUA), nocomeço da semana passada. Ike deve aparecer na terça ou quarta-feira no Golfo doMéxico, atingindo talvez as cerca de 4.000 plataformas queproduzem 15 por cento do gás e 25 por cento do petróleo dosEUA. As empresas do setor, que haviam paralisado a produção degás e petróleo devido ao Gustav, adiaram a normalização dofluxo por causa do Ike. A Shell e outras começaram a retirarfuncionários das plataformas. O Centro Nacional de Furacões dos EUA disse que a tendênciaatual é de que o Ike atinja o leste do Texas, mas não estádescartado que ele passe sobre Nova Orleans, cidade daLouisiana devastada pelo furacão Katrina em 2005 e afetada "deraspão" pelo Gustav. Ike já havia passado pela possessão britânica de Turcos eCaicos como um furacão da categoria 4, destelhando muitascasas. No Haiti, onde a tempestade Hanna matara cerca de 500 nasemana passada, mais 61 pessoas morreram devido às chuvas doIke. O navio militar norte-americano Kearsarge se aproximou nasegunda-feira do Haiti com oito helicópteros para entregarmantimentos. Cuba retirou 1,5 milhão de pessoas de suas casas por causado Ike, e até agora a ilha não registrou mortes. Mas atempestade deve afetar a economia de Cuba, que ainda serecupera da destruição de mais de 100 mil casas pelo Gustav. (Reportagem adicional de Joseph Guyler Delva em PortoPríncipe, Rosa Tania Valdes, Marc Frank e Esteban Israel emHavana, Erwin Seba em Houston, Richard Valdmanis em Nova York)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.