Furacão Celia se distancia do litoral oeste do México

Celia, o primeiro furacão desta temporada no oceano Pacífico, ganhou força nesta segunda-feira, mas continuava se distanciando da costa oeste do México, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

REUTERS

21 Junho 2010 | 21h40

Um furacão de categoria 1 no leste do oceano Pacífico, com ventos de até 150 quilômetros por hora, o Celia estava 830 quilômetros ao sul da cidade portuária de Manzanillo e se movendo a 15 quilômetros por hora para oeste, distante do continente.

A previsão indica que o fenômeno natural ganhará mais força nas próximas 48 horas e manterá sua direção, diminuindo as chances de atingir a terra, disse o Centro, acrescentando que não há instalações petrolíferas por onde o furacão deve passar.

Celia é a terceira tempestade a ser batizada na temporada atual de furações do Pacífico, e o Centro previu que uma ampla área de baixa pressão a centenas de quilômetros ao sul da Guatemala e de El Salvador tinha 40 por cento de chance de se transformar em ciclone tropical em 48 horas.

Um outro sistema no norte da Venezuela está se movendo para o oeste, mais em direção ao Caribe, e poderá provocar fortes chuvas no Haiti, na República Dominicana e em Porto Rico, informou o Centro.

A agência climática dos Estados Unidos previu que a temporada 2010 de tempestades do oceano Atlântico poderá ser a mais intensa desde 2005, quando o furacão Katrina matou mais de mil pessoas e prejudicou a produção de petróleo no Golfo do México.

(Reportagem de Sean Mattson)

Mais conteúdo sobre:
CLIMA FURACAO CELIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.