Furacão Amanda avança em frente à costa do México no Pacífico

O furacão Amanda, o primeiro da atual temporada, avançava nesta segunda-feira perdendo força em frente à costa do México no Pacífico e, embora ainda distante do continente, o serviço meteorológico local previa chuvas em vários Estados.

Reuters

26 Maio 2014 | 21h42

Amanda perdeu força na tarde desta segunda-feira e era um furacão de categoria 3, com ventos sustentados de 195 quilômetros por hora, enquanto avançava em direção norte-noroeste a uma velocidade de 7 quilômetros por hora, disse o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos em um relatório.

Contudo, a sua direção era um tanto errática e a expectativa era de que se moveria na sexta-feira até o continente, onde chegaria como tempestade tropical, disse o Centro.

A tempestade está a 1.000 quilômetros sul-sudoeste do porto de Manzanillo, o terminal marítimo mais importante para o intenso comércio do México, que operava com normalidade.

A Secretaria de Comunicações e Transportes recomendou tomar precauções para a navegação devido à previsão de chuvas torrenciais nos Estados de Michoacán, Jalisco, Nayarit e Colima.

A Defesa Civil de Jalisco e Colima já organizaram albergues para uma possível retirada de pessoas das regiões costeiras, mas disse que ainda não havia sido necessário usá-los.

Mais conteúdo sobre:
CLIMA FURACAO AMANDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.