Fonte ecológica e tinta sólida no escritório

Design das letras apresenta pequenos círculos em branco, que dispensam o pigmento sem perder a legibilidade

O Estado de S. Paulo,

14 Maio 2009 | 21h00

As impressoras entraram na onda da economia. A agência de comunicação Spranq, da Holanda, desenvolveu a Ecofont, um tipo que economiza 20% de tinta na impressão. O design das letras e números apresenta pequenos círculos em branco, que dispensam o pigmento sem perder a legibilidade. Dá para baixar em em www.ecofont.eu.

 

Veja também:

link Um 'novo PIB' em gestação

link Poucos adotam 'selo verde' no País

link USP cria centro para reciclar eletrônicos

link Consumo x ambiente

 

 

Outro lançamento foi o da Xerox - a primeira impressora de alta velocidade que utiliza tinta sólida. É um torrão que mais parece uma barra de sabão (foto). A empresa diz que a principal vantagem dos produtos da série ColorQube 9.200 é a redução de gastos. A companhia afirma que o custo de impressão por página é 62% menor, comparado àquele das impressoras laser tradicionais.

 

Além disso, ela também apresenta menor impacto ambiental - 90% menos resíduos -, além de reduzir os prejuízos ambientais referentes à produção e ao transporte dos cartuchos de plástico para armazenar tinta líquida.

Mais conteúdo sobre:
sustentabilidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.