Finlândia decide reduzir emissões em 80% até 2050

O plano do governo inclui 'medidas fortes e urgentes em todos os níveis e setores da sociedade'

AE-AP, Agencia Estado

15 Outubro 2009 | 14h12

A Finlândia anunciou que pretende reduzir a emissão de gases causadores do efeito estufa em 80% até 2050, tendo como base os índices de 1990. O governo local afirmou que apoiará os esforços para limitar o aquecimento global, pois as mudanças globais "podem resultar em imenso sofrimento humano" e na destruição de ecossistemas. A iniciativa foi delineada em um relatório divulgado pelo governo.

link Derretimento no Ártico pode afetar 25% da população mundial

link Mundo deve estar pronto para crise climática, diz Reino Unido

link Mudança no clima custará US$ 400 bi anuais, diz estudo

especialExpansão econômica vs. sustentabilidade

O plano do governo inclui "medidas fortes e urgentes em todos os níveis e setores da sociedade", incluindo prefeituras, organizações e os cidadãos. Entre as medidas previstas estão a revisão dos padrões de consumo de energia para novos prédios, mudanças em edifícios antigos tendo como meta a maior eficiência energética, a melhoria na tecnologia de baixa emissão de carbono e o "aumento significativo do uso da energia renovável".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.