Filhotes de tigre e cachorro ficam amigos na Polônia

A cadela Frida foi trazida por um dos funcionários do zôo para que Zoya, rejeitado pela mãe, tivesse companhia

AP

13 Agosto 2008 | 15h34

Um tigre de três meses chamado Zoya, rejeitado por sua mãe, é a mais nova curiosidade do Zoológico de Varsóvia, na Polônia. Ele ficou amigo do filhote de pastor alemão de um dos funcionários do Zôo. Frida, como se chama o filhote, foi trazida pelo funcionário para que Zoya tivesse companhia em seu espaço isolado nos próximos meses.     Foto: AP   Foto: AP    Foto: AP    Foto: AP

Mais conteúdo sobre:
meio ambiente tigre Polônia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.