Fausto se transforma em furacão de categoria dois no Pacífico

Já a tempestade Dolly atingiu terra junto à lagoa de Nichupte, cerca de dez quilômetros ao sul de Cancún

EFE,

21 Julho 2008 | 15h26

O furacão Fausto, que está sobre o Oceano Pacífico, cerca de 650 quilômetros ao oeste do litoral do México, ganhou força nas últimas horas e passou para a categoria dois, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC, em inglês) dos Estados Unidos.   Fausto, que vai acompanhado de ventos sustentados de 160 km/h com seqüências de força ainda maior, avança em direção noroeste a cerca de 20 km/h, informa o último boletim divulgado pelo NHC em seu site.   O furacão deve se deslocar em breve para o oeste-noroeste e alcançar seu ponto de maior intensidade nas próximas 24 horas, momento a partir do qual enfraquecerá.   Atualmente, o furacão se encontra cerca de 650 quilômetros do Cabo San Lucas, o ponto mais ao sul da península de Baixa Califórnia, no México. Também no México, mas no litoral do Caribe, está a tempestade tropical Dolly, que hoje atingiu terra perto da localidade de Cancún, segundo o Serviço Meteorológico Nacional (SMN) do México.   O centro de Dolly atingiu terra junto à lagoa de Nichupte, cerca de dez quilômetros ao sul de Cancún, no estado de Quintana Roo, afirma o SMN, que adverte de um índice de periculosidade "moderado".   Toda a Península do Yucatán se mantém em estado de alerta. A tempestade, que se desloca a 22 km/h para o noroeste, vai acompanhada por ventos sustentados de 85 km/h, com seqüências de até 100 km/h.   Segundo o SMN, a área potencialmente atingida pela passagem de "Dolly" abrange toda a Península do Yucatán, incluindo a ilha de Cozumel, onde fazem escalas alguns cruzeiros turísticos que navegam pelo Caribe.

Mais conteúdo sobre:
furacão fausto

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.