Europa vê na América Latina um sócio contra mudanças climáticas

A Europa tenta transformar a AméricaLatina em um parceiro privilegiado na luta contra as mudançasclimáticas, afirmou na quarta-feira José Manuel Barroso,presidente da Comissão Européia. A declaração dele surgiu dois dias antes de uma cúpula dosdois blocos na qual devem ser tratados assuntos como oaquecimento global. Barroso reuniu-se em Lima com o presidente peruano, AlanGarcía, antes da Quinta Cúpula de Chefes de Estado e de Governoda América Latina, do Caribe e da União Européia, que terá comodia central a sexta-feira. "Nós gostaríamos muito de que esta cúpula encontrassesoluções concretas para a luta contra as mudanças climáticas",afirmou Barroso no Palácio de Governo do Peru. "Queremos chegar ao ano de 2009 com um acordo global equeremos que a América Latina possa ser um dos nossos parceirosprivilegiados nisso. Nós acreditamos na multilateralidade. Paraproblemas globais, precisamos ter soluções globais",acrescentou. (Reportagem de María Luisa Palomino)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.