Reuters
Reuters

EUA não permitirão abertura de novos poços até fim da análise do vazamento

Acidente na Louisiana já tem servido de munição para críticos da proposta ambiental de Obama

Reuters

30 Abril 2010 | 11h20

WASHINGTON - O governo dos Estados Unidos anunciou nesta sexta-feira, 30, que autorizará a perfuração de poços de petróleo em novas áreas no país até que seja feita uma avaliação do vazamento de óleo no Golfo do México.

 

Veja também:

linkVazamento de óleo já atingiu costa da Louisiana

mais imagens Veja imagens do vazamento de petróleo nos EUA

especialPrincipais vazamentos de petróleo no mundo e nos Estados Unidos

 

O presidente dos EUA, Barack Obama, havia revelado em março planos para uma ampliação limitada de perfurações petrolíferas nas costas do país, em parte para tentar obter apoio dos republicanos para a legislação sobre as mudanças climáticas.

 

O vazamento de petróleo na costa da Louisiana tem servido de munição para os críticos da proposta de Obama. Pressionada, a Casa Branca decidiu proibir novas perfurações até que o caso no Golfo do México seja avaliado.

 

"Não haverá perfurações nos Estados Unidos até que seja feita uma revisão adequada sobre o que aconteceu na plataforma de petróleo no Golfo do México", afirmou David Axelrod, assessor da Casa Branca.

 

O governo dos EUA também insiste que se moveu rapidamente para ajudar a companhia petrolífera BP a combater o vazamento. O ex-presidente George W. Bush foi fortemente criticado por ter demorado a dar uma resposta federal no episódio do furacão Katrina.

 

Axelrod disse que a Guarda Costeira esteve no local da explosão da plataforma de petróleo logo em seguida ao acidente e que representantes federais foram no dia seguinte para ajudar a coordenar as ações junto à petrolífera e autoridades locais.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.