EUA destinam US$ 300 milhões para combustível alternativo

O governo estima que o programa de energia poupará aproximadamente 114 milhões de litros de petróleo

REUTERS

26 Agosto 2009 | 15h13

O Departamento de Energia dos Estados Unidos concederá 300 milhões de dólares a um programa ambiental para limpar as cidades com o objetivo de ajudar as comunidades na compra de veículos com combustíveis alternativos, disseram o vice-presidente, Joe Biden, e o Secretário de Energia, Steven Chu, nesta quarta-feira.  

 

Deputados norte-americanos aprovam projeto de mudança climática

Os fundos provenientes do pacote de estímulo econômico do governo norte-americanos têm como proposta estimular Estados e cidades a reduzirem a dependência de petróleo ajudando-os a pagarem por mais de 9 mil veículos com uso eficiente de energia e movidos a combustíveis alternativos, informou o Departamento de Energia.

Eles também providenciarão cerca de 500 postos de combustíveis e de recarregamento para os veículos, disse o departamento.

O governo estima que o programa de energia poupará aproximadamente 114 milhões de litros de petróleo por ano.

Chu disse que os veículos serão na maioria fabricados nos EUA, incentivando a indústria automobilística norte-americana.

"Ao mudar o modo como dirigimos, na verdade estamos dirigindo a recuperação econômica", afirmou.

Grupos ligados à produção de etanol pediram por um uso maior dos veículos flex, capazes de utilizar misturas especiais de combustíveis com até 85 por cento de etanol e 15 por cento de gasolina.

O presidente Barack Obama disse que gostaria de ver mais carros elétricos nos EUA até 2015.

Mais conteúdo sobre:
AMBIENTE EUA CARROS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.