EUA aprovam construção de primeira fazenda eólica no mar

130 turbinas de1 20 metros serão instaladas a 8 km da costa do estado de Massachusetts

Reuters

28 Abril 2010 | 17h31

A primeira fazenda eólica marítima dos Estados Unidos, um projeto que deve ficar a 8 km da costa do Estado de Massachusetts, foi aprovado nesta quarta-feira, 28, após anos de oposição por parte de diversos grupos, incluindo tribos indígenas e a família Kennedy.

 

O secretário de Interior Ken Salazar deu o sinal verde para o Projeto cape Wind, de 130 turbinas e 420 MW. A fazenda será instalada na Enseada Nantucket.

 

Defensores do projeto dizem que ele representa um grande passo adiante no uso de energias renováveis. "Este projeto se encaixa na tradição de desenvolvimento sustentável da área", disse Salazar.

 

Embora relativamente pequeno - a instalação de US$ 1 bilhão gerará potência suficiente para cerca de 400.000 casas - a aprovação gera esperança de que outros projetos marítimos se sigam. Diversos projetos já foram propostos para a Costa Leste e o Grandes Lagos.

 

As turbinas, com mais de 120 metros de altura, pontilharão uma área de 62 quilômetros quadrados, maior que a ilha de Manhattan, e serão visíveis no horizonte em Cape Cod.

 

A aprovação de Cape Wind, sujeita a condições de proteção das águas e de redução do impacto na paisagem, deverá atrair ações na Justiça, prevê Salazar, mas ele acredita que a decisão será mantida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.