EUA anunciam reunião de grandes economias sobre o clima

Fórum das Grandes Economias reúne os 17 países que mais emitem gases causadores do efeito estufa

Reuters,

23 Fevereiro 2010 | 14h43

Representantes das maiores economias do mundo vão se reunir nos próximos meses para analisar meios de enfrentar a mudança climática, disse o principal negociador dos Estados Unidos para o assunto.

 

Acordos da COP são insuficientes contra aquecimento, diz ONU

 

Todd Stern, que chefia as equipes enviadas pelo presidente Barack Obama a reuniões internacionais sobre o tema, disse que o Fórum das Grandes Economias (MEF, na sigla em inglês), patrocinado pelos EUA, vai se reunir novamente, meses depois da cúpula de Copenhague tem produzido um" acordo" internacional, mas não um tratado com metas obrigatórias.

 

"Planejamos uma reunião do MEF", disse Stern a jornalistas. "Mão definidos a data ainda, mas estou certo de que será na primavera (do hemisfério norte)", disse ele.

 

Stern afirmou que os Estados Unidos serão copresidentes da reunião, que ocorrerá em outro país.

 

O fórum é tido como um caminho para estimular as discussões internacionais sobre o controle das emissões de gases causadores do efeito estufa, mas Stern, que lamentou algumas limitações do processo conduzido pela ONU, disse que o objetivo não é evitar as Nações Unidas.

 

"Nunca o encaramos, e não creio que alguém o tenha encarado, como um fórum de negociação. É um fórum de discussão", disse ele. "Não é um fórum alternativo onde decisões serão tomadas".

 

O fórum reúne os 17 maiores emissores de gases do efeito estufa, e se encontrou várias vezes no ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.