Tiago Queiroz
Tiago Queiroz

Governo quer parceria com indígenas na gestão do Parque Estadual do Jaraguá

Secretários estaduais do Meio Ambiente e da Justiça apresentaram às lideranças do povo Guarani, em reunião na segunda-feira, uma proposta de criação de um grupo de trabalho para regulamentação do uso do parque

O Estado de S.Paulo

18 Setembro 2017 | 23h23

Em reunião realizada nesta segunda-feira, 18, os secretários estaduais Maurício Brusadin, do Meio Ambiente, e Márcio Elias Rosa, da Justiça, apresentaram a líderes indígenas a proposta de criação de um grupo de trabalho para a regulamentação do uso do Parque Estadual do Jaraguá pela comunidade indígena. Na reunião, Brusadin ressaltou que não haverá concessão do parque.

Os índios ainda reivindicam a revogação de portaria do Ministério da Justiça que anula outra portaria da própria pasta, assinada em 2015, que previa a expansão do território indígena do Jaraguá de 3 hectares para 512 hectares. Os indígenas encerraram na sexta-feira, 15, a ocupação do parque em protesto contra a nova portaria. Eles chegaram a subir ao Pico do Jaraguá e interromper o funcionamento de antenas de telecomunicação - o que chegou a prejudicar mais de 600 mil usuários. “O que queremos é reconectar os indígenas, ouvir suas demandas e discutir políticas públicas. Queremos construir um território de diálogo”, disse Brusadin.

Antes de efetivar a criação do grupo, a proposta será debatida entre os índios, de acordo com nota da Secretaria de Meio Ambiente. “Somente após essa conversa é que uma nova reunião será marcada para a constituição da agenda de trabalho.”

Mais conteúdo sobre:
Jaraguá [São Paulo] Meio Ambiente

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.