Efe
Efe

Espiões podem ter vazado documento sobre clima, diz cientista

Especialista afirma que há 'muitos grupos poderosos interessados em desestabilizar os estudos científicos'

Associated Press,

01 de fevereiro de 2010 | 14h03

Um grupo de lobistas norte-americanos ou uma agência de inteligência estrangeira pode estar por trás do roubo de e-mails com conteúdo sobre estudos climáticos da Universidade de East Anglia no ano passado, acusa David King, ex-assessor-chefe do Departamento de Ciências do governo do Reino Unido.

 

Veja também:

linkPaíses ricos oferecem pouco para conter aquecimento, diz ONU

linkAcordo do Clima de Copenhague recebe adesão discreta

linkMeta proposta leva a aumento de 3°C de temperatura

linkFMI criará Fundo Verde de 100 bilhões de dólares para o clima

blog Copenhague, um escândalo histórico

especialGlossário sobre o aquecimento global

especialRumo à economia do baixo carbono      

 

Segundo King, "a operação que resultou o roubo de mais de mil mensagens eletrônicas do servidor da Universidade East Anglia sugere um trabalho profissional e não de um hacker solitário".

 

"Eu sei que há a possibilidade de um bom hacker ter feito esse trabalho, mas a operação foi extraordinariamente sofisticada. Existem muitos grupos que poderiam fazer esse tipo de ação, como agências de inteligência", disse King ao jornal The Independent. O especialista não mencionou o nome de nenhuma agência ou grupo de lobista e afirmou que não está envolvido nas investigações que a polícia inglesa e a universidade estão fazendo.

 

King afirma que "poderosas empresas norte-americanas investiram muito dinheiro para desestabilizar os estudos científicos sobre as mudanças climáticas em ações que envolvem até espionagem internacional".

 

Depois do vazamento dos e-mails em novembro do ano passado, muitos especialistas acusaram os autores dos estudos climáticos de exagerarem na leitura e avaliação dos dados sobre o clima global.

 

"Este episódio mostrou um aspecto frágil do Painel Intergovernamental de Mudança Climática (órgão ligado à ONU). Estão forçando por um consenso dentro da comunidade científica sobre a questão do aquecimento global", disse King.

 

Nenhuma pessoa foi detida ou acusada pelo roubo das mensagens eletrônicas da Universidade de East Anglia até hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.