Emissões de gases-estufa pelos EUA caíram 1,5% em 2006

As emissões de gases-estufa pelosEstados Unidos caíram 1,5 por cento em 2006, devido àstemperaturas mais amenas e ao aumento no uso de gás natural ede fontes alternativas de energia, segundo uma estimativa dogoverno na quarta-feira. A Administração de Informação sobre Energia, braçoanalítico do Departamento de Energia, estimou que as emissõesde 2006 caíram para 7,075 bilhões de toneladas de equivalentesde dióxido de carbono. Foi a primeira queda anual nas emissões dos EUA desde 2001,e a terceira desde 1990. A emissão de dióxido de carbono, o principal gás-estufa,foi de 5,934 bilhões de toneladas -- em 2005, tinha sido de6,045 bilhões. "Alguns dos fatores que levaram à queda (como o clima) sãovariáveis; outros (como o uso maior de energia renovável para ageração de eletricidade) podem indicar tendências queprovavelmente se manterão", afirmou a estimativa. Desde 1990 as emissões de gases-estufa dos EUA cresceram15,1 por cento, segundo o documento. O relatório anual foidivulgado em meio aos preparativos para a reunião de 190 paísesem Bali, na Indonésia, no mês que vem, para decidir o que fazerpara combater as mudanças no clima. (Por Timothy Gardner)

REUTERS

28 de novembro de 2007 | 15h42

Tudo o que sabemos sobre:
CLIMAEUAEMISSAOCAI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.