Arquivo
Arquivo

Elefantes são salvos do frio da Sibéria ao beber vodca

Animais foram expostos a frio de -40º C quando trailler em que viajavam sofreu acidente e pegou fogo

BBC Brasil, BBC

14 Dezembro 2012 | 13h21

Dois elefantes foram salvos de hipotermia no rigoroso inverno siberiano ao beber vodca, de acordo com informações reveladas por autoridades da Rússia. Os dois animais ficaram expostos ao frio congelante da Sibéria depois que o trailler em que eram transportados sofreu um acidente e pegou fogo, na região de Novosibirsk. Os elefantes pertecem a um circo polonês, que fazia espetáculos na região.

Os dois animais, de 45 e 48 anos, chegaram a ter as pontas da orelha congeladas. Na ocasião, a temperatura era de -40ºC. A solução foi aquecer os bichos com uma solução de água quente e vodca, segundo as declarações de um funcionário do governo russo, que ajudou no socorro aos animais.

"Eles começaram a urrar como se estivessem na selva", brincou o funcionário, em entrevista à agência de notícias russa Ria Novosti. "Quem sabe eles não estavam felizes."

Os animais se recuperaram do choque térmico em uma garagem aquecida de uma escola local. Os animais foram transportados na carroceria de um caminhão, sob escolta policial. Assim como nos humanos, o álcool faz os animais se sentirem mais aquecidos.

Em declarações ao jornal Komsomolskaya Pravda, o diretor do zoológico de Novosibirsk, Rostislav Shilo, disse que os elefantes não sofreram nenhum dano, nem foram intoxicados pela ingestão de vodca. Shilo acrescentou que, sem a solução alcóolica, os animais poderiam ter morrido de hipotermia ou pneumonia.

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
Elefante fauna Sibéria

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.