Reprodução
Reprodução

Duas espécies de primatas brasileiros estão na lista dos mais ameaçados

Caça e desmatamento ameaçam o macaco-caiarara e bugio-marrom, mostra órgão internacional

O Estado de S. Paulo,

15 Outubro 2012 | 12h50

SÃO PAULO - Dois primatas brasileiros figuram na lista das 25 espécies mais ameaçadas de extinção do mundo. Divulgada nesta segunda-feira, 15, pela União Internacional para a Conservação da Natureza, a lista tem cinco espécies do continente africano, seis da ilha de Madagascar, nove da Ásia e cinco dos trópicos, que inclui as espécies do Brasil.

De acordo com a instituição, o macaco-caiarara (Cebus kaapori) e o bugio-marrom (Alouatta guariba guariba), são as espécies brasileiras que precisam de atenção.

O macaco-caiarara é encontrado entre o nordeste do Pará e o noroeste do Maranhão. De acordo com o relatório, não há estimativa recente da população da espécie, mas acredita-se em uma perda de pelo menos 80% da população nas últimas três gerações.

O bugio-marrom é encontrado em uma região pequena ao norte do Rio Jequitinhonha, em Minas Gerais. Acredita-se que não exista mais de 250 indivíduos adultos soltos na natureza.

A caça e o desmatamentos são duas das principais ameaças para ambas as espécies, mostrou o documento da União Internacional.

O relatório foi divulgado durante a COP 11, a 11ª Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica, que ocorre em Hyderabad, na Índia, até o dia 19 de outubro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.