Depressão tropical ameaça Cuba e Flórida

Uma extensa, mas fraca, depressão tropical se formou na terça-feira ao norte do Mar do Caribe e ameaçava levar chuva a Cuba, Jamaica, ilhas Cayman e ao sul da Flórida.

REUTERS

28 de setembro de 2010 | 21h50

O sistema irregular mostrava ventos máximos sustentados de 55 quilômetros por hora, e o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos estimou que irá ganhar força para se transformar, na quarta-feira, na tempestade tropical Nicole.

Os fenômenos naturais recebem um nome quando seus ventos sustentados alcançam 63 quilômetros por hora.

A parte central do sistema se encontrava 190 quilômetros ao sul de Havana, informou o centro com sede em Miami.

Especialistas estimam que o sistema não passará de uma tempestade tropical de nível mínimo, e os meteorologistas anunciaram que ele pode se dissipar até o fim de semana.

Avisos de tempestade tropical estavam vigentes para as ilhas Cayman, a maior parte de Cuba, o sul e Cayos da Flórida, e o noroeste e centro das Bahamas.

As previsões indicam ainda que a tempestade não passaria pelo Golfo do México, onde se concentram as operações de gás e petróleo dos Estados Unidos.

(Por Jane Sutton; reportagem adicional de Horace Helps, em Kingston, de Jeff Franks, em Havana, e de Gene Cherry, em Salvo, Carolina do Norte)

Tudo o que sabemos sobre:
CLIMAEUACHUVAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.