Costa do Golfo deve ter mais chuva e ventos com tempestade Lee

A costa do Golfo do México, numa região que vai do Texas à Flórida, registrava o terceiro dia com mau tempo na segunda-feira, enquanto os remanescentes da tempestade tropical Lee continuavam a atingir a região à medida que ela se dirigia para dentro do continente.

KELLI DUGAN, REUTERS

05 Setembro 2011 | 15h04

Alertas para enchentes estavam em vigor da costa do Texas até os Estados do Golfo. A expectativa é de que chova entre 25 e 38 centímetros, disse o Serviço Nacional de Meteorologia (NWS, na sigla em inglês) na segunda-feira.

Chuvas fortes continuarão a rumar em direção nordeste para o Vale do Tennessee e para as montanhas do Apalache, no sul até terça-feira. Nessa região é esperada chuva de 10 a 20 centímetros e quantias isoladas de até 30 centímetros.

"Isso pode causar enchentes repentinas e deslizamentos", disse o serviço de meteorologia.

Fortes tempestades atingiram os condados de Mobile, Baldwin e Washington, no Alabama, pouco depois das 8 horas de segunda-feira, derrubando árvores e linhas de energia desde Dauphin Island até Citronelle.

O NWS emitiu um alerta para tornados no sudoeste do Alabama, no noroeste da Flórida e no sudeste do Mississippi até as 16 horas.

No domingo, foi registrada atividade de tornado em partes dos condados de Baldwin and Mobile, no sudoeste do Alabama; nos condados de Greene, Jasper, Lauderdale, Newton, Perry e Wayne, no sul do Mississippi; e nos condados de Escambia, Okaloosa e Santa Rosa, no noroeste da Flórida.

Keith Williams, do NWS em Mobile, disse que foi confirmado um tornado na região de Destin, Flórida, mas a extensão do estrago não foi determinada.

Equipes de emergência estão atentas à ameaça de tornados, depois que vendavais devastadores atingiram o norte do Alabama no dia 27 de abril, matando mais de 230 pessoas e levando destruição à áreas de Tuscaloosa, Concord e Pleasant Grove.

O total de chuva na segunda-feira variou de 10 a 12 centímetros na porção norte dos condados costeiros do Alabama e de Mississippi a até 30 centímetros perto da costa, disse Williams.

Mais conteúdo sobre:
CLIMA GOLFO CHUVAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.