Consumo internacional de madeira caiu 12% em 2009

Algumas das razões são a crise econômica e financeira global e ao colapso do setor da construção nos EUA

Rádio ONU

05 de agosto de 2010 | 18h48

A Comissão Ecoômida das Nações Unidas para a Europa (UNECE), que cobre 56 países da Europa e Ásia Central - mais Estados Unidos, Canadá e Israel - afirmou que o consumo de madeira e produtos de papel caiu quase 12% em 2009.

 

Um informe publicado pela Comissão destaca que foi a queda anual mais pronunciada desde a crise do petróleo nos anos 70.

 

A publicação atribui a queda à crise econômica e financeira global, ao colapso do setor da construção nos EUA e à desaceleração deste mesmo setor na Europa.

 

O documento destaca que, por outro lado, o consumo de madeira para fins energéticos cresceu. Nos países da União Européia, a madeira representa mais de 50% das fontes de energia renováveis. Segundo o relatório, é preciso estabelecer critérios que, além de assegurarem a procedência da madeira, contribuam para a sustentabilidade do uso do recurso.

Tudo o que sabemos sobre:
madeira, europa, consumo, ONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.