Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

Repórteres do 'Estado' mostram a devastação das queimadas na Amazônia; assista

André Borges e Gabriela Biló acompanham os trabalhos dos brigadistas do Ibama que combatem as chamas na floresta

André Borges e Gabriela Biló, enviados especiais

27 de agosto de 2019 | 10h08

MANICORÉ (AM) - A Amazônia virou o foco das atenções nas últimas semanas com notícias sobre aumento do desmatamento e das queimadas. Na tarde desta segunda-feira, 26, o repórter André Borges e a fotógrafa Gabriela Biló acompanharam a ação realizada pelos brigadistas do Ibama e sua divisão de combate a queimadas, a Prevfogo, no sul do Amazonas. 

A equipe do Estado esteve em Manicoré, no Amazonas. Eles estiveram em uma área já devastada, com queimada ativa. O enfrentamento pelas equipes, como mostra a equipe do Estado, não é feito com o uso de aviões ou helicópteros, mas em solo. 

Enxada, abafador, facão, soprador, bombeador de água, galhos são usados no combate às chamas. As ferramentas carregadas em caminhonetes são levadas pelo brigadistas, que entram pela floresta orientados pela fumaça. Eles abrem o caminho com facões, sopradores abastecidos por gasolina. Abafadores de borracha também são usados para apagar os focos de incêndio. Com enxadas, brigadistas também isolam áreas para tentar impedir que o fogo se alastre.

O trabalho é lento e o vento, traiçoeiro. Como mostra a equipe do Estado, de um instante para o outro, o vento muda de direção, o que faz as labaredas subirem. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.