Comissão do Senado dos EUA aprova projeto de lei sobre clima

Avanço na lei apoiada pelo presidente Obama é uma mensagem de empenho dos EUA na questão, diz senador

Reuters e Associated Press,

05 Novembro 2009 | 13h14

A Comissão de Meio Ambiente e Obras Públicas do Senado norte-americano aprovou nesta quinta-feira um projeto de lei do Partido Democrata que pode exigir um corte da emissão de gases causadores do efeito estufa de 20% até 2020 em relação aos níveis de 2005.

 

Lula confirma que não levará meta numérica a Copenhague

Países pobres cobram de ricos corte de emissão de 40%

Com um boicote dos republicanos à sessão da comissão alegando que é necessária uma análise maior da legislação, 10 democratas aprovaram o projeto de lei e um democrata, o senador Max Baucus, votou contra.

O projeto agora vai se tornar uma das várias iniciativas para se tentar combater o aquecimento global e a mudança climática nos EUA.

O senador John Kerry lidera um esforço, com alguns republicanos e a Casa Branca, para obter um acordo de compromisso, que só deve ser levado ao plenário do Senado para votação no ano que vem.

 

A Câmara de Representantes já havia aprovado o projeto em plenário. A senadora Barbara Boxer, presidente da comissão, vinha adiando a votação há dias, por conta do protesto dos republicanos, que exigiam mais tempo para analisar os custos que serão gerados pela medida. Ao determinar, por fim, a votação, ela afirmou que essa exigência de novas análises era "uma duplicação de esforços e desperdício de dinheiro dos contribuintes".

 

Outro senador democrata, Arlen Specter, disse que a votação manda uma mensagem para outros países, às vésperas da conferência sobre mudança climática prevista para Copenhague, na Dinamarca, que deverá estabelecer um novo tratado internacional de limitação de emissões.

Mais conteúdo sobre:
AMBIENTE EUA SENADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.