Comissão de Direitos Humanos do Senado visita Altamira para discutir Belo Monte

A diligência inclui visita às áreas urbanas que serão afetadas pela hidrelétrica

15 de abril de 2011 | 20h44

Integrantes da Comissão de Direitos Humanos do Senado vão visitar Altamira neste sábado (16), para debater o projeto da UHE de Belo Monte. Também participarão movimentos sociais locais, como o Movimento Xingu Vivo para Sempre, e representantes das populações que poderão ser atingidas, como indígenas, quilombolas, agricultores familiares, ribeirinhos e moradores da periferia de Altamira. Representantes do Ministério Público do Pará - que move várias ações civis públicas contra o Consórcio Norte Energia (responsável pela obra) e contra o principal financiador da hidrelétrica, o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) - também deverão ser ouvidos.

A diligência inclui visita às áreas urbanas que serão afetadas pela hidrelétrica e encontros dos senadores com representantes do Ministério Público Federal e do Tribunal Regional do Trabalho, além de Procuradores de Justiça e representantes dos movimentos sociais.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.