Cientistas provocam queda de neve em Pequim

Nuvens foram borrifadas com substância química para trazer chuva sobre plantações de trigo prejudicadas por meses de seca.

BBC Brasil, BBC

02 Novembro 2009 | 11h09

Meteorologistas chineses provocaram uma nevasca sobre a cidade de Pequim após borrifar nuvens com iodeto de prata para combater os efeitos de uma seca.

O ministério para a Modificação do Tempo borrifou as nuvens com 186 doses da substância química para fazer chover sobre as plantações de trigo, disse o jornal Beijing Evening News.

Mas uma frente fria provocou uma forte nevasca, atrapalhando o tráfego nas estradas, ferrovias e vias aéreas.

Fazia dez anos que a neve não chegava tão cedo à capital chinesa.

Borrifar nuvens com químicos para provocar chuvas é um recurso usado com frequência na China.

Secas são comuns no norte do país, enquanto a região sul tende a sofrer com inundações frequentes.

Na província de Anhui, que enfrentava uma seca desde setembro, houve 4 cm de chuva no fim de semana.

Grande parte da agricultura do país ainda depende da chuva, já que há poucos sistemas de irrigação.

Em fevereiro, as autoridades provocaram nevascas artificiais sobre Pequim para tentar aliviar a seca.

Além de borrifar nuvens com agentes químicos, o governo chinês está construindo uma imensa rede de túneis e hidrovias que vai transportar água do sul para o norte, mas o projeto só deverá ser completado dentro de cinco anos. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.