Cientistas encontram o inseto mais comprido do mundo

O 'Phobaeticus chani' foi encontrado na ilha de Bornéu e mede 55 cm com as pernas esticadas

AP

17 Outubro 2008 | 14h31

Um inseto de madeira da ilha de Bornéu medindo mais de 30 centímetros de comprimento foi identificado por pesquisadores como o inseto mais comprido do mundo, disseram cientistas britânicos na quinta-feira, 16.   A espécie foi encontrada por um morador local e entregue a um naturalista malaio amador, Datuk Chan Chew Lun, em 1989, de acordo com Philip Bragg, que formalmente identificou o inseto na edição deste mês do jornal Zootaxa. O inseto foi chamado Phobaeticus chani, ou "em homenagem a Chan".   Paul Brock, associado do Natural History Museum em Londres, disse que não há dúvidas de que esse seja o inseto mais longo conhecido até hoje.   Parecido com um pedaço de bambu da grossura de um lápis, o inseto verde mede cerca de 55 centímetros, se suas pernas estiverem esticadas. O comprimento de seu corpo é de 35 centímetros, batendo o recorde do Phobaeticus kirbyi, também de Bornéu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.