Choque entre navios causa vazamento de óleo em Montevidéu

Mancha de combustível é monitorada e combatida com barreiras especiais para impedir que se espalhe

Efe

04 Junho 2008 | 20h38

O choque de um cargueiro da Grécia com uma embarcação de Malta em águas próximas ao porto de Montevidéu provocou um vazamento de óleo de 20 quilômetros de extensão, informou nesta quarta-feira, 4, a Prefeitura Naval uruguaia, que não reportou feridos nas tripulações dos navios.   O incidente ocorreu por volta das 22h30 de terça-feira, 3, (horário de Brasília), quando o cargueiro de bandeira grega Syros bateu no maltês Sea Beard, que estava ancorado ao leste do porto de Montevidéu e se dirigia a Buenos Aires.   Uma rachadura nos tanques de combustível da embarcação de Malta provocou o vazamento do óleo, assinalaram as fontes, que destacaram que as tripulações dos navios envolvidos na colisão não sofreram ferimentos.   A Prefeitura Naval de Montevidéu acompanha a evolução da mancha de combustível, que é combatida com barreiras especiais para impedir que se espalhe, e informou à Direção Nacional do Meio Ambiente da situação.

Mais conteúdo sobre:
meio ambiente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.